Centro de Carreira Profissional da SBC




image01


Artigo

Qualidade, Segurança e Resultados Assistenciais em Cardiologia - Rev SOCERJ. 2009;22(2):105-107 março/abril

Artigo

Beyond Burnout — Redesigning Care to Restore Meaning and Sanity for Physicians - N Engl J Med 2018; 378:309-31

Artigo

O que Fazer pelo Médico com Síndrome de Burnout? - Site Gen Medicina

Pesquisa

Pesquisa revela o perfil do cardiologista brasileiro - Jornal SBC Número 186 Janeiro/2018





Vídeo1

Assista ao comentário do Dr. Evandro Tinoco Mesquita sobre Qualidade Assistencial

Vídeo2

Assista ao comentário do Dr. Evandro Tinoco Mesquita sobre Burnout





Mensagem

Por Dr. Evandro Tinoco Mesquita

O desafio do cardiologista contemporâneo é liderar times de alto desempenho, promover cuidados cardiovasculares de excelência e de forma segura para os pacientes. A liderança do cardiologista na prestação do atendimento cardiovascular envolve aprimoramento contínuo (educação continuada e treinamentos) aliado a novas competências como comunicação efetiva, conhecimento sobre legislação ligadas a segurança do paciente (RDCs), bioética, trabalho em equipe e gestão médico-assistencial e aspectos ético-legais, administrativos e da vida associativa.


A prática do cardiologista tem se tornado cada vez mais complexa frente a transição da nossa sociedade decorrente de diferentes tipos de mudanças demográficas, epidemiológicas, culturais, nutricionais, geracionais e tecnológicas. Portanto, o cardiologista especialista pela SBC deve ser reconhecido como um profissional que gera valor para o paciente e para a sociedade ao estar comprometido com essas boas práticas (diretrizes da SBC), aperfeiçoamento contínuo e compromissado na prevenção, tratamento, reabilitação e na promoção de ações junto à comunidade.

A qualidade assistencial no século XXI está embasada no indissociável compromisso com a segurança do paciente e, certamente, a presença de um profissional certificado e associado à SBC. Ao longo da história da SBC, temos envolvido o cardiologista com as ações de educação continuada, implementação das nossas diretrizes, na participação dos nossos registros e na melhoria da saúde cardiovascular em nossas regiões e em nosso país.

Em resumo, não haverá qualidade assistencial cardiovascular sem que a liderança do cardiologista seja valorizada e reconhecida e através de ações que reforcem a segurança do paciente e do emprego das melhores práticas assistenciais.

Diretoria de Qualidade Assistencial

Diretor: Evandro Tinoco Mesquita

Representantes Regionais

  • DQA/AL
    Carla Fernanda Vieira Barbosa Camelo
  • DQA/AM
    Kátia do Nascimento Couceiro
  • DQA/BA
    Mauricio Alves Barreto
  • DQA/CE
    Nilson Moura Fé Filho
  • DQA/DF
    Maria Tereza P. Carnaúba Filha
  • DQA/ES
    Paulo Roberto Angelete Alvarez Bernardes
  • DQA/GO
    Flavio de Souza Veiga Jardim
  • DQA/PI
    Wildson de Castro Gonçalves Filho
  • DQA/PR
    Walmor Lemke
  • DQA/RJ
    Viviane Belidio Pinheiro da Fonseca
  • DQA/RN
    Valtécio Alves de Sousa Junior
  • DQA/MA
    Denilson Menezes Almeida
  • DQA/MG
    Ricardo Wang
  • DQA/MS
    Leonardo Simões da Silva
  • DQA/MT
    Daniel Bouchabki de Almeida Diehl
  • DQA/PA
    Wesley D. Severino de Melo
  • DQA/PB
    Adriano Nunes
  • DQA/PE
    Silvana Maria Daconti
  • DQA/RN
    Valtécio Alves de Sousa Junior
  • DQA/RO
    Andrei Leonardo Freitas de Oliveira
  • DQA/RS
    Maurício Pimentel
  • DQA/SC
    Daniel Medeiros Moreira
  • DQA/SE
    Adelle Cristine Lima Cardozo
  • DQA/SP
    Fernando Augusto Alves da Costa
  • DQA/TO
    Marcos Renato Herrera
  • DQA/NNE
    Regina Coeli Marques

Fale com a Diretoria de Qualidade Assistencial